Blog sobre Iluminação, Arquitetura, Design

Archive for the ‘Projeto luminotécnico’ Category

Rasgo de LUZ na parede

In Projeto luminotécnico on 22 de agosto de 2013 at 12:30

rasgo de luzFonte de imagem site: Veanad

Sou fã de soluções para a iluminação onde se envolve a estrututra arquitetônica. E não depender somente de luminárias que o mercado lhe oferece.

Como de praxe, fiz uma garimpagem de imagens com essa mesma solução.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.

rasgo de luzFonte de imagem site: Pinterest.
E sim, rasgo de luz natural também, que charme heim?

Anúncios

ARANDELA

In Informções técnicas, Projeto luminotécnico on 19 de agosto de 2013 at 19:48

arandela

Já comentamos aqui no blog muito sobre luminárias de leitura, abajur, pendente para mesa de jantar e balizadores. Hoje iremos dar a vez para falar das arandelas. Essas luminárias, como comentado no post “tipos de luminárias“, elas são instaladas na parede. No mercado há uma infinidade de soluções e estilos das peças, de acordo com a finalidade da sua arquitetura ou sua decoração. Vamos conferir algumas?

Arandela arquitetural: é quando a luminária tem função apenas de desenhar a luz, e não de impor alguma decoração. Geralmente essas peças são da mesma cor que a parede e tem suas formas e linhas mais limpas e linear, sem muita informação. Normalmente essas peças são escolhidas para usar na área externa, mas nada impede de usá-las no interior também.

arandelaFonte da imagem site: Escritório da Luz

 Essa luminária acima produz uma luz indireta e não faz marcação do desenho da luz, apenas distribui de forma difusa.

arandelaFonte da imagem site: Art Luz

Já essas arandelas da imagem acima “desenha a luz”. No mercado você encontra ela com o facho fechado, aberto ou difuso. Neste caso é facho fechado para baixo e aberto para cima. E a partir disso você contruibui com a sua criação.

 arandela

arandelaFonte da imagem site: Home dit

Vejam algumas imagens de fachadas externas e outras na área interna com o “desenhar a luz”.

arandelaFonte da imagem site:  Light Design.

arandelaFonte da imagem site: Geo Cerâmica.

arandela

arandelaFonte da imagem site: architecturelover

Arandela decorativa: é quando a luminária em si se destaca mais do que a própria luz. Isso não quer dizer que a luz não será charmosa ou funcional, será sim, mas o intuito inicial é que a peça seja um elemento decorativo.

arandelaFonte da imagem site: Ingo Maurer

arandela Fonte da imagem site: Ingo Maurer

Arandelas spots: Essas peças agregam valor decoração e são muito funcionais, pois a luz se posiciona para uma função específica como aparador, bancadas e mesas. Algumas vezes elas podem direcionar a um quadro, na impossibilidade de colocar um spot no teto.

arandelaFonte da imagem site: A cup of jo

arandelaFonte da imagem site: Pinterest.

arandelaFonte da imagem site: Pinterest.

Arandelas para leitura: São peças muito funcionais, pois liberam espaço de alguma mesa lateral para outros materiais e podem ser articuladas, forçando o direcionamento para a leitura propriamente dita.

arandelaFonte da imagem: Pinterest.

arandelaFonte da imagem site: Fancy.

arandelaFonte da imagem site: Pinterest.

Bom projeto!

arandela

TOLOMEO

In Luminária decorativa, Projeto luminotécnico on 23 de maio de 2013 at 17:12

Luminária TolomeoLuminária Tolomeo por Michele De Lucchi Giancarlo Fassina.

“A luminária de mesa Tolomeo é um ícone do design moderno italiano. Ele foi projetado por Michele De Lucchi e Giancarlo Fassina, em 1986, para a empresa Artemide. Em sua configuração original, que consiste de uma base pesada, duas seções do braço de alumínio polido retas (cada um cerca de 45 cm de comprimento), e uma cabeça de refletor de alumínio fosco, que pode girar 360 °. Cabos de tensão de aço ligado a molas escondidas dentro dos braços completam a estrutura em constante tensão. Tolomeo é a versão italiana do nome de Ptolomeu. No período dot-com, tornou-se popular como um símbolo de consumo conspícuo e da consciência de design de alta em empresas de alta tecnologia, bem como em escritórios de arquitetura e design gráfico. Ele ganhou o Compasso d’Oro projeto prêmio em 1989″. (Fonte: Wikipedia)

Luminária Tolomeo

Este ícone na área de iluminação e design tem 27 anos girando no mercado da decoração, e ainda se mostra tão moderna, clean e versátil. A disponibilidade dessa luminária não se limita apenas na luminária de mesa, tem também na versão de piso, arandela, pendente e com acabamentos de cúpulas diferentes como: alumínio, pergaminho e as verões coloridas. Quando se usa com aluminío é para deixar uma luz mais focal, como áreas de leitura e estudo. Já com pergaminho ficam bem interessantes em salas de estar e jantar, pois deixam uma luz mais difusa e aconchegante.
Para quem tiver interesse, dê uma espiadinha no site da Artemide, e confira todas versões da luminária.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Design Shop.

Ai vai uma série de fotos inspiradoras que foram compostas com a Tolomeo de diversos tipos e nos mais variados ambientes. Você vai ver a luminária até na cozinha, e como ela ficou charmosa e funcional.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

tolomeo.10Fonte da imagem site: Comtemporist.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Comodos

Luminária TolomeoFonte da imagem site: stil inspiration.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Contemporist.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Home Decor.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Lighttology

Luminária TolomeoFonte da imagem site: MDM.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: kmldesign.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Opad.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: sisustusblogi.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Pinterest.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: House & Home.

Luminária TolomeoFonte da imagem site: Fancy.

Projeto luminotécnico = QUARTO DE BEBÊ E CRIANÇAS

In Projeto luminotécnico on 11 de abril de 2013 at 14:17

Aqui no blog Chandelier já vimos alguns projetos luminotécnicos que estão divididos por ambientes como: Cozinha, área de serviço, quarto de casal e sala de banho.
Hoje iremos falar um pouco sobre quarto de bebês e crianças. E nos próximos posts completar com outros ambientes que complementam uma residência.

child.11Fonte da imagen site: Flickr.

Para quarto de bebês e crianças não tem muito segredo na hora de iluminar, dois pontos muito importantes é a luz geral e um abajur. E junto com isso uma dica de sucesso é usar algum sistema de dimmer. Um equipamento que possa equalizar a luz, deixando luz total quando necessário, ou minimizar para uma luz mais tênue quando as crianças estiverem dormindo. É importante nunca deixar um ponto de luz como arandela ou pendente próximo ao alcance das crianças. Pois quem tem filhos sabe como as crianças são.

A luz geral pode ser definida com plafons de luz indireta (de preferência), pendentes ou lustre. A quantidade de luz é determinada pelo tamanho do quarto, e procure usar lâmpadas com 2.700k.  Muitas das imagens abaixo você verá que a solução foi resolvida com esses tipos de luminárias. Mas uma dica muito interessante também, quando tiver rebaixo de gesso, é trabalhar com sancas invertidas, assim a iluminação ficará com o efeito de luz indireta, que é mais confortável e dará mais liberdade na criação do desenho da luz. Outro equipamento com caráter mais “lúdico” são os efeitos de fibra ótica, mais conhecido como céu estrelado. A fibra ótica em si iremos reservar um post especial para abordar sobre. Mas abaixo seguem duas imagens para inspiração.

child.18Fonte da imagem site: Clique Arquitetura.

child.19Fonte da imagem site: Quarto de Bebê.

child.12Fonte da imagen site: Pinterest.

child.07Fonte da imagem site: Pinterest.

child.08Fonte da imagem site: The boo and the boy.

child.01Fonte da imagem site: The boo and the boy.

child.13Fonte da imagem site: Pinterest.

child.16Fonte da imagem site: The boo and the boy.

child.14Fonte da imagem site: Handmade Charlotte.

child.09Fonte da imagem site: Pinterest.

child.05Fonte da imagem site: Daffodil Design.

child.03Fonte da imagem site: My scandinavian home.

child.02Fonte da imagem site: RH baby and child.

child.04Fonte da imagem site: The boo and the boy.

child.10Fonte da imagem site: Du côté de chez vous

child.06Fonte da imagem site: The boo and the boy.

child.15Fonte da imagem site: Handmade Charlotte.

child.17Fonte da imagem site:  Pinterest.

Sou fã das luminárias mais lúdicas, com cara de brinquedo e efeito de iluminação, é perfeito para o ambiente das crianças.
Ficou aqui no post algumas dicas para iluminar o quarto dos pequenos. O blog está aberto a sugestões, dúvidas e dicas para os leitores. Podem enviar diretamente pelo post ou no meu e-mail: juliana.visnheski@gmail.com

Iluminação para piscina

In Projeto luminotécnico on 20 de fevereiro de 2013 at 19:54

piscina.06Fonte da imagem site: Homedit.

Hoje nosso assunto é um tanto “fresquinho” para um dia de verão brasileiramente quente. Quem não gosta de um banho de piscina, estar com os amigos, a família, fazer uma festa na beira da piscina? Hum…..está ficando interessante.

E cada projeto de piscina tem uma diferente geometria, espaço, cor de acabamento… integrando com a arquitetura e o desenho paisagístico. Essa semana no blog do Rodrigo Barba foi abordado sobre piscinas biológicas, uma nova técnica “eco” de se montar uma piscina.

No projeto luminotécnico do paisagismo incluimos também a piscina. Elas merecem um cuidado especial na hora de definir o projeto, pois elementos como tamanho, profundidade, geometria e cores de acabamento influenciam muito no resultado final. Para isto é necessário definir o desenho da piscina e posteiormente a iluminação, muito antes de ser executada. Porque é necessário executar a passagem da fiação e determinar a casa de máquinas. Que também será influenciado pelo tipo de equipamento luminoténcico a ser definido.

  • Vamos começar comentando sobre iluminação pontual:

Estes são resolvidos com spost embutidos na piscina. Esses pontos podem emitir luz com a lâmpada dicróica, LED ou fibra ótica. A dicróica é a menos recomendada, principalmente porque consome em média de 35 à 50W cada ponto de luz, enquanto o LED e a fibra ótica é de baixo consumo.

piscina.11
Fonte da imagem site: Sol&ar.

Nesta imagem acima, é um modelo com LED com sistema RGB (red, green and blue) com painel e controle remoto que permitem programar a coloração da luz para ficar rotacionando as cores dentro das derivações do RGB. Mas se você preferir, um dia ela pode ficar somente azul, no outro lilás, no outro âmbar… dependendo do evento. Ok, ok… você não gosta da troca de cores? Tudo bem, pode deixar uma cor apenas, o azul ou o branco que são os mais tradicionais.
Nas imagens abaixo você pode verificar o efeito de luz pontual dentro da piscina e na cascata.

piscina.05Fonte da imagem site: mediacache.

piscina.02Fonte da imagem site: Home DSGN.

piscina.04Fonte da imagem site: Contemporist.

piscina.09Fonte da imagem site: Blue Haven Pools.

  • SideLight ou fita de borda com fibra ótica:

O sidelight é uma fita que contorna a borda da piscina e não transmite energia elétrica. O interessante deste material é efeito de “contorno” como um balizador e transmite um efeito de luz mais homogêneo na água. Veja nessas três imagens abaixo o efeito de acabamento.

piscina.10Fonte da imagem site: Blue Haven Pools.

piscina.07Fonte da imagem site: Blue Haven Pools.

piscina.08Fonte da imagem site: Blue Haven Pools.

  • Refletor com fibra ótica ou EndLight:

O EndiLight é um embutido para piscina com fibra ótica, essa fibra é o elemento que conduz a iluminação, enquanto a fonte de luz fica na casa de máquinas, facilitando a manutenção e tranquilizando o usuário da piscina em não receber condução energética ou térmica. O efeito de luz na água fica com um aspéctico “gelatinoso”, diferente das primeiras imagens que vimos aqui no post. Este equipamento também possível as trocas de cores.

piscina.03Fonte da imagem site: DesignRulz

piscina.12Fonte: Fasa.

  • Spots com Par 38 Dichro Blue:

Essa solução é interessante para quem já tem a piscina instalada e quer um efeito de luz na mesma. Esse spot com a lâmpada Par 38 dichro blue é próprio para área externa. É necessário instalá-lo num local alto e direcionar o spot de modo refletir a luz na água. Seu efeito de luz é na cor azul.

piscina.13Fonte da imagem site: La Lampe.

  • Luminárias lúdicas:

Uma forma alternativa e lúdica de iluminar piscinas, são as luminárias soltas com fonte de luz de LED com bateria. É prático e charmoso.

piscina.01Fonte da imagem site: Home Concept Decoration.

  • Efeito espelho d’água:

E se você preferir, pode optar pelo efeito espelhado. Neste caso não é necessário luminária aquática, porém só funciona se o revestimento da piscina for escuro. Neste caso trabalha-se muito bem a iluminação no jardim, juntamente com o projeto paisagístico. Assim, toda a iluminação que acontece no jardim é refletida na lamina d’água.

ld-1Fonte da imagem site: Light Design.

Casa Celeiro, e um luminotécnico despojado.

In Projeto luminotécnico on 12 de fevereiro de 2013 at 9:30

33Procurando por matéria para o blog, encontrei os projetos da Designer Joséphine Gintzburger e simplesmente me apaixonei. Me apaixonei por essa composição de celeiro virar casa, o mix de peças modernas com clássicas, com a estrutura aparente e um luminotécnico pra lá de despojado. Neste post então vamos passear pelo projeto da casa Bourgogne 2 , e nos próximos post podemos analisar os outros projetos.

22

11

4

19

6

20

10

81

91

111

141

151Esses lustres ficaram muitos charmosos distribuindo luz para estes ambientes integrados.

161

181

261Olha que encanto dessas linhas minimalistas compondo com as obras de arte e as luminárias no estilo Art Nouveau. O mais charmoso foi a composição com 3 luminárias juntas, contribuiu com mais valor para as peças e a iluminação do quarto ficou por conta somente dos abajures, observem que o teto ficou completamente limpo.

281

29

211

231

351

341

311

301

371

391

411

401Fonte das imagens site: Design Rulz

Hotel PORTAGO URBAN

In Projeto luminotécnico on 7 de fevereiro de 2013 at 7:00

1_portago 1Hotel PORTAGO URBAN por ILMIODESIGN. 

Um projeto lúdico e convidativo, o Portago Urban é bem alimentado de mobiliário de design e banhado de arte luminotécnica. Esses pendentes em formato de chapéu nos lembra características do artista René Magritte.
O ambiente lhe convida ao bem estar com frases de “prazer em conhecê-lo”, “boa noite”, “relaxe”…

1_portago 2

3_portago

4_portago

5_portago

6_portago

7_portago

8_portago

9_portago

10_portago

11_portago

12_portago

13_portago

14_portago

15_portago

16_portago

17_portago

18_portago

19_portago

20_portago

21Fonte das imagens site: ILMIODESIGN.

Uma ousada casa de campo.

In Projeto luminotécnico on 6 de fevereiro de 2013 at 7:00

cottage_01

O conceito do designer holandês  Joris van Grinsven  é decorar uma casa sem perder o estilo e a essância da arquitetura presente, seja ela um casarão antigo, um castelo ou um celeiro. As marcas da história continuam ali presente, exalando a magia do passando interagindo com o presente.

“O estilo de vida diária dos meus clientes é o que determina o projeto para suas casas.” 

“Respeito a função original da arquitetura do edifício, é o ponto de partida. Você pode viver fantasticamente em um celeiro, em uma capela, num castelo ou em uma casa. Um celeiro continua a ser um celeiro, uma capela nunca se torna um castelo e uma casa é uma casa. “

“Móveis é um elemento determinante. Uma cama vira um quarto, uma mesa de jantar vira uma sala de jantar e uma bancada de cozinha faz uma cozinha. “

“Em última análise, trata-se de uma combinação de pensamento lógico, conhecimento, honestidade, criatividade e meu compromisso com o cliente.” (Joris van Grinsven)

E agora confiram um dos projetos proposto por Joris. Essa casa de campo toda branquinha que cria um cenário de fundo figura destacando o mobiliário clássico/moderno/arrojado. E observem também como a iluminação foi projetada, ora embutida toda discreta, ora toda se exibindo de luminárias de piso, arandelas e lustres rebuscados.

cottage_10

cottage_05

cottage_02

cottage_16

cottage_09

cottage_11

cottage_07

cottage_06

cottage_04

cottage_13

cottage_08

cottage_03

cottage_12

cottage_14

cottage_15Fonte das imagens site: Etxekodeco.

Detalhe de gesso no projeto luminotécnico_02

In Projeto luminotécnico on 4 de fevereiro de 2013 at 10:00

gesso_04

gesso_12

Ok, eu confesso uma queda irresistível por sancas divergentes. E esse projeto super me conquistou, eu morri de amores e você, o que achou?

Rebaixo de forro com gesso deixa o teto “limpo” minimizando o excesso de informação e permite uma ótima liberdade na distribuição dos pontos luminotécnicos. Por isso gosto de apresentar aqui no blog soluções com gesso, que você pode conferir nos seguintes post: Detalhe de gesso no projeto luminotécnico_01 e Detalhe de gesso.

E este projeto apresentado neste post por ILMIODESIGN tinha como principal partido projetual valorizar as obras de arte e design dos proprietários. E assim foi realizado nas áreas comuns do apartamento distribuido as peças. E a iluminação com esse desenho de sanca divergente tem a função de guiar o caminhar e o olhar para as obras. O mais interessante do detalhe de gesso são os cantos que não foram desenhados em ângulos retos como o comum. E ai que eu me derreti pelo projeto, essa curva no encontro de linhas verticais e horizontais ficou muito charmoso e suave. Com certeza o profissional que executar esse projeto tem que ter muita habilidade e zelo pelo trabalho para que o resultado final seja satisfatório.

Neste caso, as lâmpadas fluorescente tubulares farão sombra nos cantos curvos. Para evitar que isso aconteça, com certeza as fitas de LED concluirão com um bom resultado.

gesso_11

gesso_05

gesso_10

gesso_09

gesso_07

gesso_06

gesso_19

Nesta imagem acima foi utilizado lâmpadas linestras, perfeitas para área de espelho proporcionando o “efeito de camarim”.

gesso_18

gesso_17

gesso_20

gesso_16

gesso_15

gesso_14

gesso_13

gesso_03

gesso_02

gesso_01

Essa iluminação indireta no rodapé é muito funcional, além de balizar o caminho, é possível deixa-lo ligado durante o período noturno.

gesso_08Fonte das imagens site: Home DSGN

RESTAURANTE – El Montero, Saltillo Coahuila – Mexico

In Projeto luminotécnico on 31 de outubro de 2012 at 9:00

RESTAURANTE – Montero, Saltillo Coahuila – Mexico por Anagrama.

Fonte das imagens sites: The Cool Hunter e Anagrama.