Blog sobre Iluminação, Arquitetura, Design

Archive for abril \30\UTC 2010|Monthly archive page

Favo de Mel

In Luminária decorativa on 30 de abril de 2010 at 9:26

Luminária Dragonfly.MGX  por WertelOberfell. Fonte site Mocoloco.

Inspirado no favo de mel e nos olhos dos insetos, a luminária Dragonfly.MGX está disponível em duas cores; Terra Cota e Âmbar. Com dimensões de 30 cm de diâmetro e 20 cm de altura.

Anúncios

BRASÍLIA 50 anos

In Notícias on 21 de abril de 2010 at 22:40

Fonte da imagem no site Arco Web , projeto luminotécnico de Peter Gasper Associados.

Um poste especial em homenagem aos 50 anos de Brasília, cidade que eu já era encantada desde que comecei a estudar arquitetura, e que depois de vir morar aqui gosto mais ainda deste lugar.

Dos pilotis, prédios baixos, setorização, as tesourinhas, vias largas, as árvores, o ar seco, a grama ora verde ora marrom, o céu azul, a esplanada, os brises, os cobogós, enfim, cidade que me acolheu e que eu tento desfrutar o máximo das coisas boas que oferece.

Congresso Nacional. Fonte da imagem no site Leões e Cordeiros.
Congresso Nacional.
Palácio da Justiça. Fonte da imagem no site Flickr.
Palácio Itamaraty. Fonte da imagem no site Skyscraper City.
Palácio da Justiça. Fonte da imagem no site Archiguide.
Praça dos três poderes. Fonte da imagem no Gustavo.
Catedral.
Catedral. Fonte da imagem no site Gustavo.
Catedral com vista interna dos vitrais.
Museu Nacional
Museu Nacional. Fonte da imagem no site  Olhares.

Biblioteca Nacional Leonel Brizola. Fonte da imagem no site Skyscraper City.
Biblioteca Nacional Leonel Brizola. Fonte da imagem do site Marina Mara.
Teatro Nacional Cláudio Santoro. Fonte da imagem do site Skyscraprer City.

Teatro Nacional Cláudio Santoro. Fonte da imagem do site Olhares.
Teatro Nacional Cláudio Santoro. Fonte da imagem do site Skyscraprer City.
Teatro Nacional Cláudio Santoro. Fonte da imagem do site Skyscraprer City.
Torre da TV
Torre da TV. Fonte da imagem no site Olhares.
Memorial JK. Fonte da imagem no site Skyscraper City.
Memorial JK
Ponte JK. Fonte da imagem do site Baixaki.
Ponte JK. Fonte da imagem : Mario Roberto Duran Ortiz
Ermida Dom Bosco. Fonte da imagem do site Skyscraper City.
Ermida Dom Bosco
Igreja da 308 Sul
Igreja da 308 sul, com parede revestida com azuleijo de Athos Bulcão.
Prédio com Brises. Fonte da imagem do site Skyscraper City.
Prédio com Pilotis.
Prédio com Cobogós.
Vista superior das super quadras. Fonte da imagem site Super Brasília.
Vista panorâmica.
Vista panorâmica.

Bem, aqui coloquei alguns dos lugares bonito de Brasília, mas há muito mais para se conhecer.

Detalhe de gesso

In Efeitos de iluminação on 4 de abril de 2010 at 1:22

O forro de gesso permite que o teto fique mais “limpo” e clean, pois as luminárias ficam embutidas no gesso e o acabamento fica reto com a linha do gesso. O gesso é um elemento muito funcional para um projeto luminotécnico, pois deixa-o também independente das luminárias existente no mercado e permite uma livre criatividade de forma e função conforme o resultado esperado. Os detalhes mais comuns utilizado nos dias de hoje são os rasgos e sancas invertidas, como meio de luz pode-se usar fluorescentes tubulares, mangueiras luminosas ou fitas de led. Outras soluções também adotadas são os cortineiros, que também podem ser iluminados por fluorescentes, mangueiras, led e mini dicróica.

Fonte da imagem site: Arte e Gesso JB.
Neste projeto foi proposto rasgos de luz de forma que remetesse a um pergolado, e como fonte de luz foi utilizado lâmpada fluorescente.

Fonte da imagem site: Arte e Gesso JB.
Neste ambiente o gesso foi explorado de diversas formas, servindo para luminárias embutidas, rasgos e rebaixo duplo com fluorescente permitindo a luz indireta. Aproveitando a descrição da iluminação deste ambiente, temos ainda um plafon central como luz difusa, os pendentes com cúpula cilíndrica nas laterais da cama e no painel de cabeceira da cama foi projetado de parede a parede com meia altura e afastado da parede com luz indireta “soltando”o painel da parede.

Fonte da imagem site: Gesso Virtual.
Nesta sala de jantar foi trabalhando no gesso uma sanca invertida próximo da parede e um rasgo central com fechamento em vidro jateado, remetendo a uma luz de clarabóia.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
No site não havia indicação de que material foi feito este arco, mas fica como dica ou inspiração de como explorar o gesso.  Aproveitou-se aqui colocar laser mini dicróica em cima da mesa de jantar, e próximo da parede ponto para balizar o caminho.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Procurando as imagens encontrei esse bar, achei fantástica a solução que os arquitetos propuseram, um detalhe de gesso como luz difusa, e dentro desse recuo foi instalado garrafas de vidro.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
O detalhe de gesso neste local foi feito apenas um sulco, ou seja um recuo em linha reta para delimitar a área de instalação de luminárias.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Outro ambiente comercial onde o gesso foi explorados de de diversas maneiras ã comportar a iluminação, no pavimento térreo tem-se um rasgo de luz e no pavimento superior o gesso serve para embutir as luminárias e também como sanca invertida.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
O quarto com o teto verde ressaltou o detalhe de rasgo de luz.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Outro exemplo de rasgo de luz, é uma forma de distribuir bem  a iluminação e de forma indireta.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Com um detalhe um pouco mais ousado, o detalhe do gesso se faz por uma forma oval e o rasgo de luz atravessa esse detalhe.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Na imagem acima vê-se que a iluminação esta de forma periférica, deixando o centro do teto limpo, sem luminárias. E ao fundo, junto ao cortineiro uma sanca invertida com luz amarela. Para dar esse tom de amarelo pode-se usar mangueira luminosa, que uma luz mais suave, ou usar fluorescente tubular com filtro âmbar.

Fonte da imagem site: Santos e Santos.
Neste quarto o detalhe do gesso acompanhou a área de cortina, e como iluminação usou-se pontos focais, que podem ser com dicróicas ou mini dicróicas de 10graus.

Fonte da imagem site: Dezeen
Para esse  efeito de clarabóia, que da a impressão de luz natural, pode ser feito o corte no gesso, como fonte de luz usar as fluorescente tubulares e no fechamento vidro ou acrílico.

Fonte da imagem site: Dezeen
No site onde encontrei essa imagem não estava especificado o tipo de material que foi usado no teto, mas sua geometria e solução de luz artificial ficou interessante e nos vale com dica.

Fonte da imagem site: Dezeen

Fonte da imagem site: Dezeen

Fonte da imagem site: Dezeen
Para esse feito de luz indireta na parede pode-se usar vários tipos material, dentre eles MDF ou mesmo o gesso, desde que projetado para alojar as lâmpadas fluorescentes na parte de trás do painel.

Fonte da imagem site: Dezeen
Para este painel de luz pode ser usado o próprio gesso e embutir as luminárias.

Fonte da imagem site: Dezeen

Fonte da imagem site: Dezeen
Com um desenho mais ousado e orgânico, as linhas que circulam o teto descem pelas paredes enfatizando o desenho e rasgo de luz.