Blog sobre Iluminação, Arquitetura, Design

Archive for dezembro \18\UTC 2009|Monthly archive page

Importância da luz natural e artificial.

In Iluminação natural, Informções técnicas on 18 de dezembro de 2009 at 20:43

A Luz como fonte de sentimentos, seus efeitos são diversos podem ser despertar, adormecer, acalmar, encher de energia, alegrar, criar clima romântico, transmitir segurança, favorecer a uma compra de um objeto numa loja, enfim, num projeto arquitetônico e de interior é fundamental projetar pensando na LUZ, seja ela artificial ou natural, tal qual com a mesma importância. Lembrando que a luz tem efeitos diversos dependendo do pé direito, tamanho do ambiente, dos móveis, paredes rugosas ou lisas e principalmente as cores, é impossível projetar a iluminação sem saber que cores serão usadas, pois a luz não ilumina por si somente, mas sim em companhia desses elementos para poder refletir.

Luz Natural

Ao iniciar um projeto residencial, por exemplo, é indiscutível a prioridade de ver a localização do terreno, indicação norte/sul, sol nascente e poente, aproveitando seus benefícios como: sol da manhã nos quartos e sol da tarde em áreas sociais, principalmente áreas de serviço onde necessitam do efeito do sol para secar roupas e outros benefícios.

Especificar as aberturas das janelas como tamanhos e localização, ver necessidade de brises verticais ou horizontais, beneficiando a iluminação e também circulação de ar no ambiente e outros mais elementos. A luz do sol é muito importante, estimula e é saudável, mas como dito anteriormente é preciso estudar a localização do terreno para saber se essa radiação solar tem necessidade de entrar na edificação e qual horário, se será controlada ou evitada, pois temos locais que de climas mais frios e outros de clima quente.

Fonte da imagem: Livro Manual do Arquiteto Descalço, autor arquiteto Johan van Lengen.

Luz Artificial

Imagine você projetando ou você comprando móveis novos para sua casa, objetos decorativos, tapetes, quadros, enfim, um grande investimento, mas se não pensarmos em conjunto com a iluminação artificial, nada disso terá o mesmo valor. O quadro e os objetos decorativos não terão destaque, os móveis não irão transmitir sua beleza, enfim, precisamos além de criar destaque, criar um ambiente aconchegante e que passe os sentimentos adequados. Por exemplo, um quarto não pode ter o mesmo tratamento que a cozinha, pois são tarefas diferentes. Ou mesmo uma loja, seja lá o produto que estiver oferecendo, pode colocar o objeto mais caro na vitrine, mas se o mesmo não estiver acompanhado de uma iluminação de destaque adequado, ele não irá criar centro de interesse.

Hoje a iluminação está muito mais valorizada no mercado da construção civil, possibilitando inúmeras possibilidades de efeitos, assim como rebaixo de gesso, tipos de luminária ou mesmo uma peça de destaque com design e principalmente o uso correto de lâmpadas e potências. Para isso temos normas técnicas a seguir como a NBR 5413 para estabelecer quantidade de iluminância para cada ambiente de interior e atividade especifico. Com iluminação artificial podemos alcançar sucessos em outros locais também como fachadas, jardins, piscina, monumentos, museus, galerias, restaurantes etc.

Fonte da imagem: Arco Web, projeto Franco & Fortes Lighting Design.

Chandeliers Inusitados – 01

In Luminária decorativa on 17 de dezembro de 2009 at 8:34

Chandelier LEGO por John Harrington

Momento nostálgico, lúdico, inovador e dramático?

Assim o lustre feito em Lego transmite sensações diferentes, rompendo com as tendências clássicas, uma peça contemporânea que trouxe a “juventude e o vigor”, e nada melhor que o Lego para completar essa criação fantástica. Fonte: Yanko Design

Chandelier Gummy Bear por Jellio.

Aproveitando o momento lúdico, temos aqui mais um lustre que nos remete a infância. O lustre é feito com 2.000 balas de goma produzida no material de acrílico, a peça tem média de 90 cm de diâmetro. Fonte: Core 77

Chandeliers inusitados

In Luminária decorativa on 16 de dezembro de 2009 at 10:06

Chandelier Seven Up de Tim Baute

Este lustre tem elementos simples como cabos elétricos na parte central e em volta de seu diâmetro cabos de aço de espessura fina que seguram as lâmpadas bolinhas de 5 watts. Uma peça simples e deu um charme especial remetendo aos lustres clássicos. Fonte: Mocoloco

Chandelier Cut Glasses  de John Harrington Design

Como diz no próprio site do Design: “Este candelabro tem suas raízes no passado, mas o seu coração no presente”.

Com uma idéia nova da utilização de taças tornou uma peça clássica pelo material, mas moderna na leitura final.

Disponível como uma única gota de 150 copos (150 +1) ou queda de 300 vidros duplos (o 1 refere-se ao próprio John artesão sendo a final que reuniu gerações de outros para criar um trabalho verdadeiramente original).

“Eu amo e aprecio a habilidade de grandes artesãos, reinventando a tradição me esforçar para dar sentido a essas habilidades para um estilo de vida moderno”, Diz John.

O que é um Chandelier?

In Iluminação on 15 de dezembro de 2009 at 13:31

Chandelier é um lustre decorativo com várias lâmpadas. Ornamentado geralmente com cristal lapidado, ferro torcido ou madeira entalhada.

Os primeiros lustres foram montados na época medieval, feito uma cruz de madeira e apoiavam-se as velas. Era pendurado num gancho, onde a corda pudesse ser içada facilitando o acendimento das velas.

Ilustração de lustre medieval do Torneio Rei René livro publicado em 1460.

Após o século XV, o uso deste elemento começou a ser mais popular e mais decorativo, ganhando uso e destaque nos palácios e casas nobres.

Depois da fonte de luz gerada pela vela, veio em meados do século XIX a luz do gás, e mais tarde para a eletricidade.

O lustre no Palácio Dolmabahçe, tem 750 lâmpadas e pesa 4,5 toneladas.
Fonte: Wikipedia

Apresentação ao Blog

In Notícias on 15 de dezembro de 2009 at 12:21

Luminária Dear Ingo da Moooi

Este é um blog para apaixonados por iluminação e arquitetura. Proponho trazer posts interessantes com dicas de iluminação, projeto luminotécnico e arquitetônico com ênfase na iluminação artificial e natural, informações mais técnicas e ilustrativas sobre uso e tipos de lâmpadas existentes no mercado.
Tipos de luminárias e adequação de uso no ambiente de forma funcional e decorativa.

Sejam bem vindos, espero que gostem!